QGIS

Salvando layers temporários no PyQGIS e trabalhando com eles dentro do QGIS

Desde então, venho salvando os arquivos gerados em layers temporários sempre que eles forem produtos intermediários, de natureza auxiliar ao processo principal que eu estou executando. Dessa forma, eles são excluídos automaticamente depois que eu sair do QGIS (ou ao reiniciar o computador), então não preciso me preocupar com eles depois de executar meu código. Bom, decidi fazer um post com um resumo de como eu salvo as saídas das ferramentas executadas no PyQGIS em camadas temporárias, caso isso venha a ser útil para alguém!

Contornando rapidamente o erro “file is not a directory” ao salvar arquivos no PyQGIS

Este erro é especialmente comum quando você está executando novamente um código que já executou anteriormente. Às vezes, enquanto estou programando, executo uma versão incompleta do meu código, só para ver se o compilador/interpretador acusa algum erro até ali. Os meus códigos freqüentemente incluem a abertura e/ou salvamento de arquivos no disco rígido. Em um dos meus códigos, eu pensava que o arquivo em questão seria sobrescrito toda vez que eu executasse um salvamento de arquivo no Console Python do QGIS.

Resolvido: Python Console do QGIS 3.20 mostra um erro ao executar a ferramenta Clip Vector by Extent

ERROR 1: Attempt to write non-multipoint (POINT) geometry to multipoint shapefile. ERROR 1: Unable to write feature 0 from layer points_layer. ERROR 1: Terminating translation prematurely after failed translation of layer points_layer (use -skipfailures to skip errors)

Amostragem de rasters em pontos pré-determinados no QGIS

Neste post, vou mostrar como realizar este processo usando duas ferramentas diferentes, uma delas é nativa do QGIS e a outra é um plugin disponível no repositório de plugins. Em seguida, vou comentar sobre como amostrar um raster usando interpolação do tipo cúbica, spline cúbica ou bilinear.

Como arrumar geometrias inválidas em polígonos no QGIS 3.X

Primeiro, vou criar, de propósito, uma geometria inválida para aplicar a correção. Em seguida, mostrarei duas maneiras de consertá-la. Em uma delas, simplesmente aplica-se a ferramenta nativa “Fix geometries” do QGIS. A outra é usando a ferramenta Buffer. Em um truque simples, vou mostrar como criar um buffer infinitesimal em torno da minha geometria inválida, o que acaba arrumando a mesma, mas tem suas desvantagens.

Como gerar uma visualização surpreendente de rios, arroios, e redes de drenagem usando o QGIS 3.20 ou superior

A primeira coisa que eu pensei quando vi a simbologia “Interpolated Line” ou “Linha Interpolada” (descrevi essa funcionalidade em um post anterior) foi que ela seria útil representar redes de drenagem. Hoje, é isto que vamos explorar, formas inovadoras de representar sua rede fluvial para retratar a bacia hidrográfica da sua área de estudo de uma forma ainda mais elegante e informativa, utilizando a funcionalidade “Interpolated Line”.

Como criar legendas de vetores personalizadas no QGIS, baseadas na geometria de um polígono

Esta semana, estou mostrando como criar geometrias personalizadas para aprimorar suas legendas no layout de impressão do QGIS. Especificamente, vou mostrar como criar essas geometrias com base em arquivos vetoriais que você já tem. O exemplo que darei aqui é como criar o Legend Patch Shape (algo como “formato de caminho de legenda”) para o estado do Rio Grande do Sul, no Brasil.

Mapa com os estados brasileiros arrastáveis para comparação de áreas, e como fazer o mesmo para seu país ou região usando o Leaflet.js

boa notícia é que usando o plugin Leaflet Truesize, você pode adicionar polígonos arrastáveis personalizados ao mapa. Um mapa que pensei quase imediatamente em fazer é a representação dos estados brasileiros arrastáveis individualmente, para que o usuário possa compará-los entre si e também com o tamanho de outros países. Estou usando este mapa como um exemplo para o tutorial a seguir.

Como gerar um webmap Leaflet.js no QGIS usando o plugin qgis2web, e ajustar o mapa gerado editando diretamente os códigos html e JavaScript

Os mapas do Leaflet podem ser programados do zero. Muitas pessoas, e muitas empresas fazem isso. Mas, como sou entusiasta do QGIS e muitos dos meus mapas já estão em projetos do QGIS, usando o qgis2web, consigo ter o melhor dos dois mundos. O que eu faço é gerar meu mapa básico personalizando-o o tanto quanto possível no qgis2web e, em seguida, edito diretamente o html e o JavaScript gerado pelo plugin para ajustar o mapa às minhas necessidades.

Solução “gambiarra” para: o plugin qgis2web trava quando tento mudar o tipo de mapa

Então, você clica no botão do qgis2web, a janela do plugin abre, porém, você tenta alterar o tipo de mapa entre as opções disponíveis (atualmente, OpenLayers, Leaflet e Mapbox GL JS) e o QGIS congela, e você tem que fechar o aplicativo através do Gerenciador de Tarefas do Windows. Observei esta ocorrência no QGIS 3.20 Odense e no QGIS 3.16 Hannover, com a versão do qgis2web 3.16.